Proteção A Solda

Exibindo todos 9 resultados

Um dos agentes mais comuns em diversas indústrias e outros ambientes de trabalho está o uso de materiais que exigem a proteção a solda, evitando riscos para o trabalhador que podem gerar acidentes e/ou doenças ocupacionais.

Justamente por isso, existem uma série de questões e EPIs que podem e devem ser conhecidas bem como utilizadas no dia-a-dia das indústrias, mas que ainda causam uma série de dúvidas nos trabalhadores.

Considerando essa questão, viemos mostrar o que exatamente é indispensável você saber para escolher os EPIs corretos para a proteção a solda.

Assim, você pode fazer as melhores escolhas diante de todos os produtos disponíveis no mercado, como os que você vê nesta página, e contar com os equipamentos corretos.

Se você deseja saber mais sobre esse tipo de proteção, esse é o post certo para acabar com todas as suas perguntas.

Fique ligado nesta página!

O que é Proteção a Solda?

Antes de mais nada, a proteção a solda se refere aos produtos de segurança mais importantes para os profissionais que ficam expostos a este agente, já que são imprescindíveis para sua proteção.

Em termos simples, a soldagem se refere ao processo capaz de unir materiais através de uma força em escala atômica de acordo com o material.

Sendo assim, o mais comum é a soldagem de ferros, capaz de unir e garantir que peças fiquem ligadas, construindo estruturas, ferramentas e assim por diante.

Geralmente, a solda tem o chumbo como base, mas também podem ter pequenas quantidade de outros elementos, como a prata e o bismuto, para modificar a dureza do material que está sendo utilizado.

Dessa maneira, é possível dizer que o soldador está exposto a uma série de agentes que podem ser nocivos para a sua saúde de alguma maneira.

Seja o próprio material utilizado para a soldagem, a solda ou mesmo a temperatura dos equipamentos utilizados ao longo do expediente.

Ao mesmo tempo, o soldador é considerado como uma das áreas de trabalho que mais crescem na indústria, sendo profissionais altamente requisitados.

Vale destacar ainda que quem trabalha com soldagem, precisa lidar com a poeira, ruídos constantes e até com a questão da fumaça.

Não à toa, existem diferentes EPIs que devem ser usados no dia-a-dia.

Com isso em mente, a proteção a solda vem como uma junção de diferentes materiais capazes de proteger o trabalhador de quaisquer agentes que possam estar presentes naquele ambiente.

Esses produtos podem variar de acordo com o campo de atuação do profissional, considerando os agentes presentes na rotina de trabalho.

O grau de risco é um grande diferencial para a escolha de equipamentos?

Sem dúvidas, entender o grau de risco em relação aos agentes da solda é essencial para a escolha dos melhores EPIs.

Isso não apenas em relação a qual equipamento utilizar, mas também em relação a garantia de qualidade.

Daí a importância de sempre comprar de marcas realmente confiáveis do mercado.

Portanto, soldadores que trabalham em ambientes muito fechados, requerem o dobro de proteção em relação a inalação de fumaça.

Ao mesmo tempo, esses profissionais precisam estar protegidos em relação a temperatura, que pode ser maior devido a pressão interna.

Como escolher o melhor equipamento para o Soldador?

A escolha do equipamento deve ser feita considerando o tipo de trabalho, riscos e ambiente.

Geralmente, a própria indústria oferece a recomendação e EPIs básicos para todo o expediente.

Entretanto, para aqueles que atuam de maneira independente, é essencial conhecer e avaliar os itens antes de finalizar uma compra.

Aqui no site, por exemplo, você confere os melhores produtos disponíveis no mercado, com selos de garantia, Certificado de Aprovação  e a certeza de proteção ao longo do dia.

Vale a pena também ficar de olho no conforto, já que esses produtos permitem maior segurança e mobilidade, para que a jornada de trabalho seja o mais leve possível.

Por fim, é importante dizer que a escolha também deve ser feita para o ambiente, já que todo local de soldagem deve contar com:

  • · Extintores de incêndio;
  • · Cortinas de proteção anti-chamas;
  • · Sistema para a eliminação dos gases.

Principais Equipamentos de Proteção a Solda 

Para finalizar, é importante destacar os diferentes EPIs que os soldadores devem utilizar no ambiente de trabalho.

Logo, os destaques incluem:

Máscara de solda:

Considerado como o equipamento mais básico de proteção, a máscara de solda é um item de proteção capaz de evitar que a luz comprometa a visão do trabalhador.

Ao mesmo tempo, protege toda a fase e pescoço de possíveis respingos do material.

Elas possuem algumas características específicas que fazem com que exista mais de um modelo. Você pode saber mais sobre as Máscaras de Solda aqui

Luvas de proteção a solda:

As luvas de proteção a solda devem ser utilizadas durante todo o experiente, evitando uma série de acidentes.

Essa luva evita o contato da pele com agentes nocivos bem como protege contra cortes, perfurações, temperatura, fogo e contra o próprio equipamento.

Proteção para os ouvidos:

Muitos trabalhadores industriais sofrem com a perda da capacidade auditiva devido à falta de uso dos equipamentos capazes de proteger os tímpanos.

Em geral, todos os ambientes que possuem ruídos constantes, exigem esse cuidado por parte da empresa/trabalhador.

Os fones e protetores auriculares evitam a surdez progressiva devido a esses ruídos e ainda evitam o estresse causado pelo barulho do ambiente de trabalho.

Avental de proteção a solda:

Outro item indispensável para os soldadores é o avental, que protege o corpo do trabalhador de possíveis respingos dos materiais.

Logo, evita acidentes como cortes, perfurações e queimaduras.

Botas de segurança:

As botas protegem todos os dedos, pés e até mesmo parte da perna dos trabalhadores contra a temperatura e possíveis respingos.

Com isso, garante que você evite acidentes causados devido ao trabalho e que podem comprometer toda a sua qualidade de vida.

Existem ainda outros produtos que podem ser utilizados sempre que necessário pelo soldador, como:

  • · Óculos de proteção;
  • · Perneiras;
  • · Toucas;
  • · Blusão de soldador;
  • · Máscara para fumo;
  • · Mangote;
  • · Respirador;
  • · Botinas ou Sapatos de Segurança;
  • · Vestimentas em Raspa de Couro ou Sintéticas;
  • · Protetor Solar;
  •  etc.

Assim, a escolha irá depender do PPRA, que irá identificar previamente quais os riscos que precisarão ser controlados. Sendo um cuidado essencial, evitando riscos ocupacionais e acidentes de trabalho.

Neste caso, é preciso observar atentamente a NR-34 que se refere a atividades como a soldagem e outras fontes de ignição, chamados de Trabalhos Quentes.

Lembre-se de respeitar os limites do seu corpo e trabalhar de acordo com as leis capazes de proteger você e garantir os seus direitos.

Ficou com alguma dúvida sobre a proteção a solda?

Entre em contato conosco pelo chat amarelinho aqui no canto da tela, será um prazer atender você!

TOP
Prometal EPIs